quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Longevidade.

- "Eu queria ser chinês."

- "Por quê?"

- "Porque os chineses morrem bem velhinhos ... bem depois dos 100 anos."

- "Nicola! Por favor!"

- "Verdade, mãe! A pessoa mais idosa do mundo era chinesa e morreu com quase 120 anos."

- "Tá bom!"

- "Mãe!"

- "Quê?"

- "Acho que eu ultrapasso os 120 anos ... que tu acha?"

- "Não sei, filho."

- "Mãe!"

- "Quê?"

- "Será que tu chega nos 120 anos?"

- "Não sei, Nicola."

- "Tu vai querer chegar nos 120?"

- "Depende ... se eu estiver lúcida e mais ou menos bem de saúde. Se não, não tem graça."

- "Mas se tu não estiver bem, eu te cuido."

- "Quando eu tiver 120 anos, tu também vai estar velhinho."

- "Com quantos anos?"

- "91."

- "Caraca!"

Passam-se alguns segundos ...

- "Mãe! Acho que tu não vai chegar nos 120 ... mas eu vou. E se eu fosse chinês, eu passava dos 120."

Filosofias rotineiras de uma manhã qualquer ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa um recadinho pra gente aqui, vai!