quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Holidays

Estamos de férias na Itália. Depois de mais ou menos um ano e meio, viemos dar aquele abraço gigante cheio de saudade da nonna e de toda a família italiana.

Chegamos e, alguns dias depois, fomos para Roma passarmos 3 dias por lá. Das outras vezes, eu e marido tiramos umas pequenas férias de filho e deixamos Pequeno com a nonna, enquanto curtíamos a bella capital italiana. Mas, desta vez, resolvemos levar o Pequeno junto. Sobretudo porque, apesar de ter morado 3 anos em Roma ele não lembra de praticamente nada das belezas históricas da cidade.

Fomos dispostos a turistar mesmo, mas sem pressa e sem grandes listas de coisas por fazer. Tudo no nosso ritmo e no nosso tempo, como gostamos.

Deixamos as coisas no hotel e fomos almoçar no "restaurante de sempre", já conhecido dos tempos em que habitávamos em Roma. Logo, caminhada longa até o Coliseu. Tinha esquecido do quanto Roma é quente nesta época do ano e, sobretudo, tinha esquecido da quantidade de turistas perambulando pela rua nesta época também. Ainda bem que, dizem, existe uma Roma para cada um. Fila no Coliseu, o tempo que parecia estar virando, uma falsa promessa de chuva, algum tempo de espera e logo consegui apresentar a antiga Arena para os meus italianos. O Pequeno já havia ido, mas não lembrava de nada. O grande, acreditem, nunca havia estado.


Muita gente, muito calor, muita sede - apesar das fontes, que sempre estavam repletas -, muito sol, muito cansaço. Ainda estava sentindo no corpo o cansaço pelo fuso horário - que agora é de cinco horas.



Dei a ideia de meus Nicola's seguirem solitos. Mas não me deixaram voltar para o hotel e dormir. Do Coliseu seguimos em direção à Via del Corso. Ali havia a única lembrança presente na memória do Pequeno: uma loja da Disney.

Fizemos um tour por algumas lojas e seguimos o trajeto buscando uma sorveteria já conhecida de outros tempos, onde havia o melhor gelato di cassata siciliana da vida. Infelizmente a sorveteria já não existe mais. O desejo pelo sorvete durou até o dia seguinte.

Mas, se não tem tu vai tu mesmo, fomos em outra sorveteria e, logo, com os gelatos em mãos, fomos saboreá-los e descansar as pernas nas escadarias da Piazza Spagna que, sem nenhuma novidade, estava repleta.



O plano A era voltar para o hotel, descansar e, logo, sair para comer algo. Mas, naquelas alturas, mais parecia um zumbi andando por Roma. Partimos, então, para o plano B: seguimos em direção a Fontana di Trevi. Lá também encontramos centenas de turistas. Pequeno, que também não lembrava de lá, fascinado, foi buscando um lugarzinho pertinho da fonte para jogar sua moeda e fazer seu pedido.


De lá, seguimos para o pub que também já conhecíamos de antes. Pequeno exercitou seu inglês ao pedir a senha do Wi-Fi, se deliciou com o hambúrguer e roubou algumas batatinhas do meu prato.

Novamente tínhamos um plano A que era voltar direto para o hotel que estava bem próximo dali. Mas próximo dali, também, estava um dos meus lugares favoritos de Roma: O Pantheon. Naquelas alturas o cansaço já havia atingido níveis estratosféricos, já não sentia mais os pés e as pernas e já estava até com medo de piscar e não conseguir mais abrir os olhos. Mas, vamos combinar que descansar a gente descansa em casa. Por que não seguir o plano B e ir sentar em frente ao Pantheon? Provavelmente algum artista de rua estaria por lá tocando ou cantando.

E assim fizemos: do pub diretamente para o Pantheon. Chegamos lá, conseguimos um lugarzinho nas escadas em frente ao monumento (lembra que disse que tem uma Roma para cada um?). Havia um moço tocando guitarra. Por sinal, tocava muito bem. Pequeno até foi elogia-lo ao final da apresentação.


Dali, seguimos em direção a Piazza Navona, pro Pequeno fazer o reconhecimento na memória dele. De lá, seguimos para Campi de'Fiori, onde estava nosso hotel.

Ainda paramos para beber uma taça de vinho. Quem falou em cansaço? O toque final para dormirmos feito anjos.


O dia seguinte foi turistando novamente. Mas disso falo em outro post.

Mais de um mes que não passo por aqui. Não dá pra contar tudo em um mesmo post :)

Até breve!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa um recadinho pra gente aqui, vai!